quarta-feira, 30 de setembro de 2009

PURA VERDADE !!! Injuriado (Chico Buarque)

É pura verdade Paulinho Perfect !!!

O pai de Chico Buarque foi professor de história na USP. Foi amigo de Fernando Henrique Cardoso, que na época ainda não era FHC. FHC frequentava a casa dos Buarque e conhece o Chico há muito tempo.

Chico Buarque participou da campanha de Fernando Henrique (ainda não era FHC...) para prefeito de SP em 1985. FHC (que ainda não era isso...) perdeu uma eleição que parecia fácil. Fez uma campanha legal. Chico Buarque fez a versão de "Vai Passar" para o jingle "... vai passar Fernando Henrique do voto popular..." Fernando Henrique tinha tanta certeza de que ganharia que se deixou fotografar sentando da cadeira de prefeito há poucos dias da eleição. Foi arrogante, diante do então prefeito de São Paulo, Mário Covas.
Perdeu para um louco chamado Jânio Quadros. Com o tempo foi mudando de lado. Afastou -se de velhos amigos e fez novas amizades. Quase foi ministro do Collor. Deve essa a Mário Covas. Covas desconfiava que o governo Collor era uma roubada (nos vários sentidos...). Brigou então com meio mundo no nascente PSDB e não embarcou.
Em 1994 Fernando Henrique se tornou FHC e se candidatou a presidente. Ganhou a eleição com o apoio das novas amizades, ACM entre elas. Chico fez campanha para Lula. Assim como tinha feito em 1989 e também faria em 1998, 2002 e 2006.
FHC tornou-se mais FHC do que nunca. Tinha grande apoio no Congresso e uma imprensa favorável. Chico Buarque o criticava sempre que podia. Certa vez perguntaram a FHC o que ele achava das críticas do Chico. FHC desdenhou e disse que o Chico "estava muito repetitivo".
Coitado do FHC. Atirou no ex-aliado e acertou num artista. Parece que o comentário de FHC foi além do lado pessoal. Provocou a criatividade de um gênio. E o artista respondeu. No cd "Cidades" Chico Buarque gravou uma música para FHC. É muito sutil e só entende que soube das provocações mútuas daqueles tempos. A letra da música segue abaixo. Afaste a possibilidade de Chico Buarque chorar a perda de uma mulher e aceite a de que responde a FHC. É diversão garantida...
Injuriado, Chico Buarque
"Se eu só lhe fizesse o bem
Talvez fosse um vício a mais
Você me teria desprezo por fim
Porém não fui tão imprudente
E agora não há francamente
Motivo pra você me injuriar assim
Dinheiro não lhe emprestei
Favores nunca lhe fiz
Não alimentei o seu gênio ruim
Você nada está me devendo
Por isso, meu bem, não entendo
Porque anda agora falando de mim"
Parece que o velho Chico não se repetiu... Hahahaha

4 comentários:

  1. top o texto parceiro, não sabia de alguns detalhes q vc escreveu!!!
    adorei quando vc chamou o ex presidente Jânio Quadros de louco!!!!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    parabéns pela pesquisa.
    seu blogger tá cada dia melhore e vc escrevendo cada vez melhor!=D
    grande abraço!!!
    axéééééé

    ResponderExcluir
  2. bruno concordo com tudo que vc escreveu mas ouve apenas um pequeno equivoco o proprio chico foi abordado em entrevista e disse que nao fez essa musica para o fhc pq seugundo ele ''eu nao estou injuriado com nada e jamais teria o mau gosto de chamar o fch de meu bem ''
    existe um livro sobre as letras do chico em que essa entrevista e citada o livro chama HISTORIAS E CANÇOES escrito pelo WAGNER HOMEM e supervisionado por ele o nme da editora e leya
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Caro Picareta,


    por um grande acaso notei que postou um texto de meu blog sem a minha devida autorização. Não me preocupam coisas menores como direitos autorias. Mas me ofende sua desonestidade. Peço-lhe que escolha entre duas opções:

    1. Acrescente no alto do título que o texto não é de sua autoria e que está a retificar, por descoberta do verdadeiro autor.

    2. Que o retire, dado que, se honesto não pode ser, humildade não teria em assumir que plagiou postagem de blog alheio.

    Plágio, até onde se pode entender, é roubo. Simples assim.


    Opalpiteiro, autor do texto que você roubou.

    P.S.: Achei patético ler em seu perfil "defensor do autêntico samba de raiz".

    O que vem a ser autenticidade para o senhor?

    ResponderExcluir
  4. Essa história nem verdade é, e vem o outro cobrando autoria. Há! Me divirto!

    ResponderExcluir